terça-feira, 14 de outubro de 2008

pessoal de perto

Eu gosto de concertos. Mas como sou dos subúrbios de Lisboa, fico um pouco desiludido quando o artista grita pelo nome da cidade, como se todos os presentes fossem do mesmo sítio. Aborrece-me. Eu sou das redondezas, e quero ouvir o Sting dos Police dizer “como é que é pessoal de pertoooooo” assim está bem. Já vibro. Eu sou de perto. E já agora para o pessoal que vem de Santa Cruz dos Assobios não ficarem também tristes quando vierem ao pavilhão, peço à Spritney Beers que grite “i love you pessoal de longeeeeeeee”. Ena, ela disse longe! e nós somos de longe! que orgulho...
Está bem? Pode ser?

2 comentários:

Hugo disse...

pessoal de perto dá-lhe bué...

Campina disse...

Sou exactamente da mesma opinião!!!