terça-feira, 2 de setembro de 2008

sou pai

Sou pai. Sou parvo. Sempre fui parvo, mas só agora é que sou pai. Tenho duas bebés gémeas. Sou muita’ parvo. Dormem no meu quarto comigo. Sou um príncipe dos parvos. Tenho a minha casa em obras e estou a viver nos meus sogros. Já disse que sou parvo?! Comecei a seguir a telenovela da tvi. Sou olímpicamente parvo. Aqueço biberons no bidé porque está mais perto que o micro-ondas. Sou um vulcão de parvoíce. O emprego é um descanso. Se fosse a um concurso de parvos ficava em 2º lugar, pois sou tão parvo que nem em 1º lugar conseguiria ficar. Durmo aos bocadinhos. Sou um parvo em construção. Estou a gostar de ser pai. Tenho direitos de autor sobre o conceito ‘parvo’. Vou ao ikea num domingo de manhã. Sou pai.


1 comentário:

Carlos disse...

Li esta cróniquinha e sinceramente só me leva a dizer uma coisa: podes ter muitos defeitos, mas de parvo não tens nada. Abraços.